quinta-feira, maio 05, 2016

Teste PDS Molho Barbecue.













O brasileiro ama churrasco - o tradicional dia de “queimar uma carne”, como é conhecido -, basta um feriado prolongado ou um dia de comemorações qualquer, para despertar a vontade de reunir a família e/ou amigos para levantar fumaça. Mas quando o assunto é barbecue - churrasco em inglês -, nós consumimos mais descompromissadamente e quase nunca usamos em dias de churrasco - na verdade não usamos quase nada além de sal grosso
Barbecue (ou "BBQ sauce") é um termo usado para nomear uma variedade de molhos de sabor forte, geralmente inclui ingredientes doces e ácidos. Tradicional nos Estados Unidos costuma acompanhar carne de porco e frango. Costumeiramente enfatiza-se o sabor defumado típico do churrasco. A receita varia, mas ingredientes típicos que não podem faltar são o molho de tomate, vinagre, especiarias e adoçantes.

A grande verdade é que o brasileiro gosta mesmo de usar o BBQ - para os íntimos - em  uma boa costela assada - no forno mesmo. O molho também tem recebido toda uma atenção como acompanhamento de sanduíches.







Pensando neste molho que tem espaço cativo em nossas terras, escolhemos cinco marcas de molhos barbecue para o teste PDS, cada qual com suas peculiaridades distintas e como sempre, fizemos um teste às cegas, tendo como os quesitos de avaliação cor, textura, sabor e aroma. Então se você é um admirador, vai para você este post.


Espero que gostem!









Kenko: Contém xarope de glicose, extrato de tomate, vinagre, açúcar, água, molho inglês, sal, molho de soja, amido, pimenta da Jamaica, mostarda, cebola, pimenta preta, pimenta vermelha, alho, aromas naturais de páprica e composto de fumaça, corante caramelo, conservador sorbato de potássio e espessante goma xantana. Não agradou na prova por ser demasiadamente doce o que o torna enjoativo, é levemente picante. De cor clara, lembra um ketchup mais temperado, consistência muito líquida, mesmo sendo usado espessante. Aroma de vinagre. Na embalagem informam o cuidado que alérgicos a soja devem tomar, por conter derivados.  Ficou em último lugar no teste. Custou R$ 2,95 no Assaí, 220g. Kcal 25, Sódio 161mg, Contém Glúten.  



Ekma: Contém polpa de tomate, vinagre, sal, açúcar, amido modificado, glicose, condimentos e especiarias, acidulante ácido lático (INS 270), conservador benzoato de sódio (INS 211), espessante goma guar (INS 412), corante caramelo (INS 150), aromantizante natural de barbecue. Com dulçor além da conta é enjoativo, sabor pronunciado de tomate. Textura encorpada semelhante a extrato de tomate. Cor clara e aroma de especiarias. Ficou na quarta posição no teste. Custou R$ 2,89 no Assaí, 240g. Kcal 17, Sódio 155mg. Não Contém Glúten



Etti: Contém tomate, açúcar vinagre, sal, amido modificado de milho, mostarda, cebola, extrato de levedura, alho, pimenta vermelha, corante caramelo III, acidulante ácido lático, realçador de sabor glutamato monossódico, aromatizante e conservadores sorbato de potássio e benzoato de sódio. Com uma textura bem rala, aroma agradável, o realçador monossódico fez jus a sua função, garantindo um sabor mais temperado e pronunciado. Cor de barbecue. Garantiu a terceira posição na prova. Custou R$ 6,45 no prezunic, 190g. Kcal 14, Sódio 120mg. Não Contém Glúten.



Hemmer: Contém água, polpa de tomate, vinagre, açúcar, sal, mostarda escura, especiarias, pimenta do reino, espessante INS 406, aromatizante, corante INS 150d e conservador INS 202. Com acidez acentuada que valoriza o sabor, textura bem consistente e aroma adocicado na medida, levemente apimentado. Cor de extrato de tomate um pouco mais escura. A marca fez jus o sabor de barbecue e garantiu a segunda colocação. Custou R$ 8,30 no prezunic, 330g. Kcal 15, Sódio 143mg. Não Contém Glúten.



Cattlemen’s: Contém polpa de tomate, xarope de alta frutose, glucose de milho, água, vinagre, melado, sal, semente de mostarda, especiarias, cebola, alho, açúcar, dextrina, aroma natural de fumaça, conservador INS 211 e corante caramelo. Com uma textura ótima, apimentado e temperado com especiarias na medida certa. Cor vermelho âmbar como o barbecue deve ser. Aroma bem adocicado e defumado. A marca que é importada e distribuída no Brasil pela Hemmer - marca que garantiu o segundo lugar -, fabricado nos Estados Unidos traz a originalidade do verdadeiro Barbecue. Como destaque da prova garantiu o primeiro lugar. Custou R$ 21,90 no prezunic, 510g. Kcal 19, Sódio 130mg. Não Contém Glúten.  




Não esqueçam de comentar e compartilhar nas redes sociais, isso faz uma grande diferença!
Até a próxima. 
Meu email: alanalves_19@hotmail.com
Instagram: @pdsblog

sábado, abril 30, 2016

Batata Duchesse.














No Brasil se consome uma quantidade de batata - 14 quilos por pessoa anualmente – pequena se comparada com o Peru - onde o consumo per capita é maior que 80 quilos - e sem dúvidas, batata frita e purê lideram no ranking no quesito receita. Mas isso tende a mudar, pois a demanda de lanches rápidos com batatas é um mercado em franco crescimento no país. Nos países latino americanos a tendência é que a produção aumente cada vez mais graças à introdução de novas variedades e aumento do consumo nas áreas urbanas.

domingo, abril 24, 2016

Comendo Fora #3










Dizem que, "vontade é coisa que dá e passa", mas o que se faz quando a vontade perdura por meses?!  A vontade era de comer uma feijoada – completa, de preferência -, daquelas que quando se termina de comer bate uma moleza. Eu estava à procura de algum lugar acessível pra comer algo que, a meu ver é um cartão de visitas da gastronomia brasileira. Nas minhas andanças em busca de saciar o desejo, acabei por encontrar um lugar onde eram oferecidos moqueca, cozido e a feijoada. Hoje falo do Contemporâneo, restaurante situado na Ilha do Governador. O lugar é bem grande, com dois salões de serviço e uma padaria - com um pouco de tudo. No térreo, a opção de comida à quilo (R$ 56,00) atraía bastante gente, mas eu estava lá para matar a minha vontade da tal feijoada, que era disposta no segundo andar, junto a algumas opções secundárias a um valor de R$ 39,90 buffet livre.